08 dezembro 2006

Apanharam o mentiroso

Quem é o mentiroso? O TCU ou o Ministro da Defesa do Lula? O Ministro Augusto Nardes do TCU - Tribunal de Contas da União, depois de investigar, afirmou que houve contingenciamento de recursos para a segurança de vôo, recursos com destinação definida por lei.

Aconteceu um crime, e um crime deve ter um responsável. Se não é o Ministro Valdir Pires, porque ele alega que não sabia, então é o seu chefe direto.

O Ministro da Defesa do governo Lula, o burlesco sr. Valdir Pires, mais parece "Ministro da Defesa da Mentira", afirmou categoriacamente que não havia desvio de verbas públicas, ou contigenciamento de recursos para a Aeronáutica e conseqüentemente para a segurança de vôo de aeronaves comerciais.

Este Ministro da Defesa do Lula mentiu publicamente, sabendo que havia forte e crônico contigenciamento recursos, o que esclarece o seu caráter torto e sua afinidade com o Presidente Lula. Aliás muito provável que ele mesmo, pessoalmente, coordenava este contigenciamento rigoroso contra as Forças Armadas e contra a Constituição. Talvez até, desviando a verba para fins ilícitos. Não consigo imaginar qual outra destinação seria dada a estes recursos, burlando a lei.

O Ministro Valdir Pires mentiu, porque quiz. O sr. Valdir pode alegar que não sabia, neste caso, sua incompetência técnica e moral é absoluta, e a responsabilidade recairá sobre o seu chefe, o chefe da quadrilha. A Desfesa do Brasil está entregue a gente deste tipo, profundamente incompetente e com caráter duvidoso.

O TCU deve pedir a saída do presidente e de toda a atual diretoria da ANAC, urgentemente, para ontem. Caso contrário, aumentam as possibilidades de ocorrer um próximo acidente de grandes proporções. Neste caso não vai adiantar nada dar entrevista dizendo que este é um caso de "simples solução", ou que "está tudo normal na aviação civil".
Share |

32 Comentários:

Blogger Alexandre, The Great said...

Camarada Arcanjo.

Seu post está irrepreensível!
É exatamente o quadro que se apresenta diante da grave situação da aviação civil. Mas este não é um quadro isolado! Os mesmos crimes estão sendo cometidos na Saúde (e o mentiroso-mor diz que ela é "quase perfeita"), onde o único setor que beira a perfeição nos Hospitais públicos é o NECROTÉRIO; na "Educassão" nem é preciso falar, basta ler as provas do ENEM; na Segurança Pública (???)... sem comentários.

E então, Camarada? Não é melhor "encaçapar" logo o capo di tutti capo ao invés de ficar no varejo pegando seus comparsas?

08 dezembro, 2006 21:28  
Blogger luciano said...

Camarada Arcanjo, seu post está irretocável.
Agora, com que propósitos estão desmantelando, sucateando,desmoralizando, as nossas forças armadas?
À quem serve um País prostrado,debilitado e sem competência humana e material para defender-se?
Acho que isso representa apenas uma ponta de um imenso iceberg.

08 dezembro, 2006 22:19  
Blogger Saramar said...

Arcanjo, boa noite.

Quem determina o contingenciamento das verbas do orçamento? Este é o culpado pelo acidente da GOL e por toda essa bagunça que estamos assistindo temerosos.
A atitude criminosa do ministro e do seu líder, negando, negando como sempre o que está na cara seria motivo para a queda de ambos, em países de verdade.
Aqui, na terra da mentira, tudo continua "normal".

beijo

09 dezembro, 2006 22:40  
Blogger Alexandre, The Great said...

Camarada Arcanjo.
Permita-me responder a pergunta da Saramar: quem contingencia as verbas do orçamento é o Ministro da Fazenda - ele é o ordenador de despesas.
Só existe UMA pessoa que pode desautorizá-lo a desviar as verbas previstas no orçamento - o "nada-sei" !

Tá explicado, não?

Obrigado, Camarada!

11 dezembro, 2006 14:30  
Blogger Jorge Sobesta said...

Camarada Arcanjo,

Essa desculpa de "não sei de nada" tem uma cola muito forte, não? O Lula devia patentea-la.

Um abraço.

12 dezembro, 2006 15:10  
Blogger Camarada Arcanjo said...

Camarada Alexandre, the great,

Isto aqui é um local de livre expressão de idéias e opiniões. Aqui comentar comentários é o natural. Afinal o post é apenas o "chute inicial" do tema para discussão.

Faço questão que todos os comentários também sejam comentados por todos. Neste recanto, somos todos muito democráticos, pois não? rsrs

13 dezembro, 2006 01:25  
Anonymous Blogue da Magui said...

Tudo maluco sem memória ou responsabilidades. Azar do povo que reelegeu o VELHACO. Este continua viajando e num tá nem aí.

13 dezembro, 2006 02:20  
Blogger David said...

Organograma governamental:
Presidência: Não-sei.
Vice-presidência: Hein?
Ministérios: Hã? Quem? Sei-lá! Não vi!
Autarquias: verba, dinheiro, grana e bufunfa.

E por aí vai...

13 dezembro, 2006 16:30  
Blogger David said...

Arcanjo:

http://img142.imageshack.us/img142/8687/plataum1rm5.jpg

19 dezembro, 2006 01:00  
Blogger Giulia said...

Arcanjo, se fizerem um concurso com os que colocaram nariz de palhaço nesta conjuntura, votava em você. Lindo!!!

19 dezembro, 2006 21:25  
Blogger Camarada Arcanjo said...

Pois então, Giulia.

Foi uma cortesia do David, que gentilmente me presenteou com o nariz de palhaço. Mas a razão de usar o nariz de palhaço foi uma imposição da classe política para nós todos, nem tanto pelo aumento de salário estratosférico..

Mas principalmente, pela promessa de que nada vai mudar nesta legislatura, e nehum deles será punido pelo que fizeram, tampouco pelo que irão fazer nos próximos 4 anos.

19 dezembro, 2006 23:52  
Blogger Camarada Arcanjo said...

Ficarei até o dia 31 de dezembro de 2006 com este nariz de palhaço. No dia primeiro o nariz será retirado e voltarei a carga.

Palhaço são os políticos hipócritas e safados que transformaram a minha cidade, meu estado e meu país neste circo, neste puteiro, que parece não ter jeito.

Apenas parece, tem jeito sim, a dona Rita de Cássia Sampaio de Souza, já informou qual caminho deve ser seguido para dar jeito na coisa.

Leia mais aqui..

20 dezembro, 2006 11:24  
Blogger Santa said...

Arcanjo,

Que competência! Nada lhe escapa...E nós ganhamos em informação com as suas análises!. Parabéns. Bjs



PS. Não aparece o meu nariz porque na figura da Santa é impossíovel. Mas lá no blog entrei de cara na campanha do Ricardo.

20 dezembro, 2006 12:23  
Blogger Alexandre, The Great said...

Camarada.
Comentei um comentário seu lá no blog do Serjão.
Fiz porque sei que o camarada é bom de debate, não teme uma argumentação e poderá colaborar na desconstrução de mais um "mito da esquerda vagabunda"
(by Arcanjo).
Há tempos queria uma "entrada" para o assunto, mas preferia que viesse pelo "lado esquerdo"; como não veio, pois acho que lhes falta coragem e argumento, o seu comentário foi oportuno para o debate.

20 dezembro, 2006 18:11  
Blogger Saramar said...

Arcanjo, boa noite.
Creio que este é um dos assuntos mais sérios que temos que enfrentar.
O assunto anda meio esquecido em vista da mais nova indecência do congresso nacional que até parece uma farsa de tão chocante. Aliás, para mim, é uma farsa.

E agora, as festas de final de ano irõa ajudar a enterrá-lo ainda mais.
Porém, eu creio que devemos continuar cobrando as explicações, sempre, aliás.

beijo

20 dezembro, 2006 22:41  
Blogger Claudia said...

arcanjo, vc ficou um charme de narizinho vermelho ;-)

forte abraço e feliz natal

beijos

21 dezembro, 2006 18:17  
Blogger Alexandre, The Great said...

Camarada Arcanjo.
Muito boa a resposta. Já trepliquei.

FELIZ NATAL (apesar dos pesares...)!

21 dezembro, 2006 18:17  
Blogger Saramar said...

rsrsrsrsrs...
gostei desse comentário da Cláudia. Ela tem razão.

Arcanjo, meu querido, vim lhe desejar feliz natal, cheio de presentes especiais como o amor e a tranquilidade (se possível, neste país).
Feliz Natal.

21 dezembro, 2006 21:28  
Blogger Camarada Arcanjo said...

Meninas,

Os nossos narizes estão uma charme, realmente ficamos muito elegantes.

Mas o meu tem data para "curar", 31/12. rsrsrs

Alexandre, the great
Foi um prazer, acredite. rsrsrs

21 dezembro, 2006 23:03  
Blogger Giulia said...

Chega de bajulação! Arcanjo, você já era fofo sem nariz de palhaço, agora, então... Foi muito bom conhecer e curtir essa cabeça pensante e esse coração ardente (uau!) escondido atrás de uma máscara patrificada. Sem rsrs e com muito apreço! (isso porque não era pra bajular...)

23 dezembro, 2006 13:22  
Blogger Giulia said...

Ops! petrificada.

23 dezembro, 2006 15:52  
Blogger José Alberto Mostardinha said...

Viva:

Nesta quadra não podia deixar de te vir desejar um:

              ♥
             ***
            *****
          *Feliz*
         *********
       ************
     ****Natal*****
   *****************
  *******************
 ********2006********
                ||
              █||▀ ██
         ▄██ ██▄


Um abraço,

23 dezembro, 2006 17:17  
Anonymous Vera said...

Feliz NATAL amigo!!! 2007 estaremos renovados!!! 2007 bjs

24 dezembro, 2006 16:06  
Anonymous Daniela Mann said...

Desejo…
__________________PAZ
_________________União
________________Alegrias
_______________Esperanças
______________Amor_Sucesso
_____________Realizações_Luz
____________Respeito_harmonia
___________Saúde__solidariedade
__________Felicidade___Humildade
_________Confraternização__Pureza
________Amizade__Sabedoria_Perdão
_______Igualdade_Liberdade_Boa.sorte
______Sinceridade_Estima__Fraternidade
_____Equilíbrio__Dignidade__Benevolência
____Fé_Bondade_Paciência_Brandura_Força
__ Tenacidade_Prosperidade_Reconhecimento
_______________*********
______________***********
____________**************
____UM FELIZ NATAL E MARAVILHOSO 2007.

25 dezembro, 2006 21:37  
Blogger Saramar said...

Oiiiiêeeeee!

FELIZ 2007!

Apesar de todos os imbecis que nos cercam e nos cercarão por mais 4 anos (no mínimo).

beijos

26 dezembro, 2006 16:27  
Blogger Defensor, O Maldito said...

Saudações
Fiz o último post deste ano, agora só volto ano que vem.
Vim te desejar um ano novo próspero, repleto de realizações, paz e felicidade!
Viva a vida, esta bela vida!
Viva 2007!
Abraços

26 dezembro, 2006 16:52  
Blogger S0MBR4 said...

que nariz é esse???

27 dezembro, 2006 22:30  
Blogger Camarada Arcanjo said...

s0mbr4,

Por sugestão do David adotei este lindo narizinho de palhaço, até porque "os mesmos" estão conseguindo nos fazer de palhaços. Isto é um fato.

Este nariz fica como está até o dia 31 de dezembro deste ano.

No dia 1º do ano que vem, reiniciarei minha luta, e espero contar com o amigo.

28 dezembro, 2006 04:39  
Anonymous keikas said...

super 2007 pra ti...
beijoKAs

29 dezembro, 2006 13:44  
Anonymous keikas said...

super 2007 pra ti...
beijoKAs

29 dezembro, 2006 13:51  
Blogger Santa said...

Arcanjo,

"Bendito quem inventou o belo truque do calendário, pois o bom da segunda-feira, do dia 1º do mês e de cada ano novo é que nos dão a impressão de que a vida não continua, mas apenas recomeça..."
Mário Quintana

Desejo que 2007 seja o grande ano de sua vida...Bjs

30 dezembro, 2006 09:38  
Blogger Hermano Leitao said...

Perspectivas 2007

Hermano Leitão


Quem semeia vento, colhe tempestade. Para falar das perspectivas de 2007, é preciso fazer pelo menos um breve balanço de 2006. Nesse caso, o ano passado foi traumático e muito pouco cultivado. As organizações criminosas revelaram a capacidade de sitiar a sociedade civil por seus instrumentos de associação política. Quer em São Paulo quer no Rio de Janeiro, o PCC e o CV estiveram a serviço de partidos, ora para sabotar eleições, ora para intimidar futuro governo, em troca de privilégios. A polícia de Lula tergiversou sobre os “aloprados”, para coroar o ano com o signo da impunidade. Mensaleiros, sanguessugueiros, fraudadores do Erário, todos foram colocados no saco dos protegidos da reeleição, como se o sufrágio eleitoral vitorioso fosse uma sentença absolutória dos crimes cometidos. A equipe econômica do governo federal foi incapaz de usufruir o excelente clima de crescimento mundial, a deixar uma valiosa oportunidade escapar por falta de uma opção clara de projeto econômico para o país. Complacência e anestesia foram as reações da sociedade desorganizada diante das barbáries cometidas contra o Brasil. A maioria pobre e desinformada foi complacente pelo consolo do bolsa família e, em alguns casos, porque obedecia ao crime organizado. A classe média, sufocada pela carga tributária e dificuldades financeiras, anestesiou-se e sublimou o Inferno, por falta de fé dantesca.

Diante dessa semeadura, 2007 promete mais do mesmo limbo: pouco investimento em infra-estrutura, associações criminosas, baixo crescimento econômico, educação rasteira, impunidade, fisiologismo político et cetera. Quem sabe a dilação de prazo concedida pelo povo a Lula não sirva para uma reversão dessa promessa? É que há uma clemente necessidade de se restituir a dignidade brasileira, sob pena de os poderes constituídos abrirem mais espaços para o crime organizado. Como dizia Padre Antonio Vieira: “Aquele que tem obrigação de impedir que se não furte, se o não impediu, fica obrigado a restituir o que se furtou. E até os príncipes, que por sua culpa deixarem crescer os ladrões, são obrigados à restituição, porquanto as rendas, com que os povos os servem e assistem, são como estipêndios instituídos e consignados por eles, para que os príncipes os guardem e mantenham em justiça.”

Para que não caiam no esquecimento, recordem:

Ferreira Gullar


Na Folha de São Paulo, “Muita gente se pergunta: eles são aloprados? Não, não são aloprados; são corruptos, são viciados em corrupção... É que eles não conseguem conter-se, como o escorpião que pica a jia, mesmo sabendo que vai afundar junto com ela. A corrupção é sua segunda natureza.


Procurador-Geral da República

"A organização criminosa ora denunciada era estruturada em núcleos específicos, cada um colaborando com o todo criminoso em busca de uma forma individualizada de contraprestação."
Pelo que já foi apurado até o momento, o núcleo principal da quadrilha era composto pelo ex Ministro José Dirceu, o ex tesoureiro do Partido dos Trabalhadores, Delúbio Soares, o ex Secretário-Geral do Partido dos Trabalhadores, Sílvio Pereira, e o ex Presidente do Partido dos Trabalhadores, José Genoíno. Como dirigentes máximos, tanto do ponto de vista formal quanto material, do Partido dos Trabalhadores, os denunciados, em conluio com outros integrantes do Partido, estabeleceram um engenhoso esquema de desvio de recursos de órgãos públicos e de empresas estatais e também de concessões de benefícios diretos ou indiretos a particulares em troca de ajuda financeira.
O objetivo desse núcleo principal era negociar apoio político, pagar dívidas pretéritas do Partido e também custear gastos de campanha e outras despesas do PT e dos seus aliados.
Com efeito, todos os graves delitos que serão imputados aos denunciados ao longo da presente peça têm início com a vitória eleitoral de 2002 do Partido dos Trabalhadores no plano nacional e tiveram por objetivo principal no que concerne ao núcleo integrado por José Dirceu, Delúbio Soares, Sílvio Pereira e José Genoíno, garantir a continuidade do projeto de poder do Partido dos Trabalhadores mediante a compra de suporte político de outros Partidos Políticos e do financiamento futuro e pretérito (pagamento de dívidas) das suas próprias campanhas eleitorais."

Ministro Marco Aurélio de Melo

“Infelizmente, vivenciamos tempos muito estranhos, em que se tornou lugar-comum falar dos descalabros que, envolvendo a vida pública, infiltraram na população brasileira - composta, na maior parte, de gente ordeira e honesta - um misto de revolta, desprezo e até mesmo repugnância. São tantas e tão deslavadas as mentiras, tão grosseiras as justificativas, tão grande a falta de escrúpulos que já não se pode cogitar somente de uma crise de valores, senão de um fosso moral e ético que parece dividir o País em dois segmentos estanques - o da corrupção, seduzido pelo projeto de alcançar o poder de uma forma ilimitada e duradoura, e o da grande massa comandada que, apesar do mau exemplo, esforça-se para sobreviver e progredir.
Não há, nessas afirmações - que lamento ter de lançar -, exagero algum de retórica. Não passa dia sem depararmos com manchete de escândalos. Tornou-se quase banal a notícia de indiciamento de autoridades dos diversos escalões não só por um crime, mas por vários, incluindo o de formação de quadrilha, como por último consignado em denúncia do Procurador-Geral da República, Doutor Antônio Fernando Barros e Silva de Souza. A rotina de desfaçatez e indignidade parece não ter limites, levando os já conformados cidadãos brasileiros a uma apatia cada vez mais surpreendente, como se tudo fosse muito natural e devesse ser assim mesmo; como se todos os homens públicos, nas mais diferentes épocas, fossem e tivessem sido igualmente desonestos, numa mistura indistinta de escárnio e afronta, e o erro passado justificasse os erros presentes.
Se, por um lado, tal conduta preocupa, porquanto é de analfabetos políticos que se alimentam os autoritarismos, de outro surge insofismável a solidez das instituições nacionais. O Brasil, de forma definitiva e consistente, decidiu pelo Estado Democrático de Direito. Não paira dúvida sobre a permanência do regime democrático. Inexiste, em horizonte próximo ou remoto, a possibilidade de retrocesso ou desordem institucional. De maneira adulta, confrontamo-nos com uma crise ética sem precedentes e dela haveremos de sair melhores e mais fortes. Em Medicina, "crise" traduz o momento que define a evolução da doença para a cura ou para a morte. Que saiamos dessa com invencíveis anticorpos contra a corrupção, principalmente a dos valores morais, sem a qual nenhuma outra subsiste.”
Almas Perfumadas (http://www.caieiraspress.com.br/livros/almas_perfumadas.php)
“- Só sei que este mundo está podre, como um dia minha mãe me disse com a lição de um poeta: Carlos Márcio Ulianov, você nasceu em uma sociedade que, se ainda não está morta, fede. Fede à bosta de regimento, fede a batinas de padres, fede a fábricas que lançam de suas chaminés a alma de seus operários, fede ao péssimo hálito de seus discursos, fede à adulação de seus elogios falsos, fede às mais imundas maquinações políticas, fede à cultura de universidade, fede a genocídio, fede a misérias, fede a torturas, fede a explosões, fede a pactos. Então, seja verdadeiro com você mesmo e perfume sua alma, senão vai acabar fedido.

31 dezembro, 2006 10:36  

Postar um comentário

<< Home