07 novembro 2006

Lembrete 01

"Quanto mais absoluto o poder do poderoso, mais sangrento será o confronto."
Camarada Arcanjo

Cabe lembrar aos atuais poderosos que eles devem se abster de passar a vida inventando como controlar o povo, quando estão repousando de suas estafantes maracutaias. Com o controle excessivo do governo sobre os cidadãos, perdem os cidadãos, cerne deste sistema político chamado democracia. Todos nós, pessoas esclarecidas, sabemos que não vivemos numa verdadeira democracia.

Entretanto, cabe alertar aos irresponsáveis de plantão que detém o poder para que não insistam todos os dias nesta estupidez de se dedicar a criar formas, e métodos, e leis e burocracias para cercear a liberdade e a privacidade dos cidadãos.

A fortaleza do sistema democrático, é a sua aparente fragilidade dos poderes, e dos eleitos, no exercício do poder. Nesta fragilidade repousa toda a sua fortaleza e perene viço. Na contrapartida exata, quanto maior o poder controlador dos eleitos na função com poder, menos canais o cidadão pode lançar mão para fazer valer sua liberdade e a proteção da sua privacidade. Menor o interesse dos poderosos em ouvir o cidadão, mais descomprometido e mais instável o poder constituído.

O fomento ao terrorismo é o exercício do poder no sentido de controlar os cidadãos e sufocar sua liberdade e privacidade.

Deixo aqui uma recomendação útil. O executivo deve parar de fazer leis. O executivo deve por vontade própria, parar de tentar controlar o cidadão. O legislativo deve parar de tentar criar leis que aumentem o poder do executivo sobre os cidadãos. O Legislativo deve ampliar os canais para ouvir e acatar as necessidades de liberdade e privacidade do cidadão, e reduzir o controle do Estado sobre cidadão, de modo a criar um clima de bem estar.
Share |

10 Comentários:

Anonymous Anônimo said...

Chávez proíbe Papai Noel. É sério!

Angélica Fernandes, uma senhora do Diretório Nacional do PT, escreveu um artigo há dias para o site do partido em que censurava a apresentadora Ana Maria Braga por ter usado um vestido preto do dia seguinte à reeleição de Lula. Segundo a nossa especialista em semiótica e totalitarismo, aquilo era um evidente sinal de luto. Surrealista? Nem tanto. Angélica pertence a um país mental capaz de coisas piores. Hugo Chávez, ditador da Venezuela, acaba de proibir árvores de Natal e imagens de Papai Noel nas repartições públicas porque, diz ele, é um tradição dos EUA. Lula, há alguns meses, afirmou que, na Venezuela, há “democracia até demais”. É isso aí. O modelo está dado.

r.azevedo

08 novembro, 2006 09:17  
Blogger M.Marcolin said...

um círculo vicioso é o que me parece o país. De um lado o povo sem educação, sem a precisa opinião e atitude para mudar seu rumo. De outro o governo sem dar base para a educação do povo. Parece-me uma cena do rato entregar a ratoeira ao rato? Enfim...

08 novembro, 2006 11:01  
Anonymous Anônimo said...

PELO MESMO CRIME: 2 ANOS PARA SADER, 10 ANOS PARA JORNALISTA

Jornalista é condenado a 10 anos de prisão em MS
da Agência Folha

A Justiça Estadual de Mato Grosso do Sul condenou a dez anos de detenção sob acusação de difamação o jornalista Fausto Brites, 48, um dos editores do jornal "Correio do Estado". Ainda cabe recurso da sentença, que permite a substituição da pena de prisão pela prestação de serviços à comunidade.

O autor da queixa-crime contra o jornalista foi o governador eleito do Estado, André Puccinelli (PMDB). A reportagem que motivou a condenação foi publicada em março de 2005 e trata de uma "devassa feita pela Polícia Federal em Campo Grande". O texto diz que "endereços investigados [pela Polícia Federal] coincidem com [os do] "lixogate'". "Lixogate" é uma referência a um escândalo ocorrido em 1999 na cidade de Campo Grande (quando Puccinelli era prefeito), envolvendo um projeto de reciclagem de lixo.
http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u86451.shtml

08 novembro, 2006 12:43  
Blogger Nat said...

Querido Camarada, que primor de texto! Talvez seja a hora do liberalismo sair do armário.

Bjs

08 novembro, 2006 20:47  
Blogger luciano said...

A NAT está coberta de razão!!

08 novembro, 2006 22:52  
Blogger Defensor, O Maldito said...

Camarada, concordo com você.
Já temos leis demais. Leis que não são e nunca foram, e arrisco eu, jamais serão cumpridas. Em geral, os problemas não são das leis, mas de quem as fazem
Abraços

09 novembro, 2006 14:03  
Blogger Alexandre, The Great said...

Camarada Arcanjo.

Vc está certo. Este controle panóptico sobre a sociedade, na tentativa de "unificar o pensamento" é uma agressão inominável à democracia e eviscera o viés autoritário dos atuais poderosos.

A contrapartida é a intolerância, a radicalização e o terrorismo.

Mas o aviso que é dado no post deveria ser dirigido aos "inocentes" e aos alienados, pois aqueles que detém o poder já sabem disso, e há muito tempo.

Abçs,

10 novembro, 2006 11:36  
Blogger Camarada Arcanjo said...

Camarada Alexandre (O Grande),

Não estou avisando aos que detém o poder apesar do texto literalmente dizer isto. A bem da verdade, estou tão somente lembrando aos idiotas no poder das conseqüências que advem com os seus atos.

Tem mais hoje, aguarde. rsrs

10 novembro, 2006 13:04  
Blogger Camarada Arcanjo said...

Luciano,

A NAT está certa! Está na hora de iniciarmos uma contrapartida real e efetiva para esta era de trevas das virtudes. Um "enxugamento geral" se faz necessário.

10 novembro, 2006 13:07  
Blogger Hermano Leitao said...

Clodovil, Presidente do Brasil!

O resultado das últimas eleições mostrou que o maior vencedor foi o PMDB, partido que ganhou a maior bancada na Câmara dos Deputados (89) e com representação relevante no Senado Federal. E se alguns eventos acontecerem, poderá ter um peemedebista empossado como Presidente do Brasil. Para isso, é preciso apenas uma conjunção astral simples. Por exemplo, Lula gosta de viajar muito para o exterior. Quando vai, o vice-presidente assume. Mas o vice, infelizmente, anda com a saúde debilitada e resolveu se tratar nos Estados Unidos. Logo, pode calhar de os dois mandatários estarem fora do país ao mesmo tempo. Nesse caso, assume o Presidente da Câmara, que é escolhido tradicionalmente pela maior bancada no Congresso. Como o PMDB será o escoadouro preferencial daqueles que mudarão de partido, é provável que Clodovil Hernandez, ungido por centenas de milhares de votos populares, mude de legenda. Ele seria então um dos mais votados deputados no PMDB. Então, Clodovil assumiria como Presidente interino do Brasil. Mas, e se houver um impedimento judicial dos dois mandatários? Clodovil seria o Presidente do Brasil e todos clamariam: definitivo, absoluto, poderoso, vitaminado, ativo, tudo de bom!! E por que não? Brasília nunca mais seria a mesma!

Impeachment

Lula e o PT cometeram vários crimes eleitorais ao longo da campanha. As cartilhas, o dossiê, caixa dois (de novo), entre outros, põem a espada da Justiça na cabeça do Presidente. Se de um lado tem a turma do PT (Palocci, Genoino, João Paulo Cunha etc) que dá graças a Deus ter conseguido se eleger para garantir foro privilegiado e ficar na moita, do outro lado, o PMDB corre solto (à exceção de Jader Barbalho) para comandar e administrar a máquina pública federal, ou seja, para fazer de Lula uma verdadeira Rainha da Inglaterra. Se acontecer algum atrito, a espada atola. E, Rainha por Rainha, cheque mate, é melhor o Clodovil. Então, o “Primeiro Ministro” seria José Sarney – agora olhem para lente da verdade e respondam: por que o PMDB não queria candidato próprio à Presidência? Poderosa!

Quando o Clodovil assumirá?

Dificilmente a Justiça julgará Lula antes de completar dois anos de mandato e também Clodovil não será escolhido de cara candidato do PMDB para ser o Presidente da Câmara. Mas esse período de dois anos será estratégico para ele aprender as mumunhas da política e como rolam as pedras naquele tabuleiro. Por essa altura, o PMDB já contaria com 110 deputados, o vice Presidente estaria cassado ou em coma induzido, Lula renunciaria ou seria cassado, e Renan Calheiros voltaria a ser Presidente do Senado. Todas as crises já estariam resolvidas. Clodovil assumiria em 2009.

Qual o foco de Clodovil?

Como se sabe, o primeiro governo do PT na Presidência da República foi pífio. Apesar de toda onda favorável na economia mundial, o Brasil só cresceu mais que o pobre Haiti. A corrupção no governo foi escandalosa. E o Presidente só faltou dizer que tinha inventado a roda, porém o marketing canalha, a bolsa esmola e o apoio do PMDB o reelegeram. Então, Clodovil precisará por sua criatividade na política. Seu foco provavelmente será o crescimento. Todos os brasileiros deverão assumir a grandeza e o potencial do país, pois Clodovil olha para o futuro de cabeça erguida. Com ele, a elite do Brasil respirará otimismo, sofisticação, e uma erudição contemplativa. Os brasileiros se tornarão subitamente joviais, confiantes e imaginativos por inspiração do presidente cosmopolita. Serão os anos dourados de novo. Contagiará os artistas e intelectuais: música, teatro, moda, poesia, arquitetura. Clodovil será suave. Com ele, a cultura será descontraída. Os decoradores reinventarão móveis de bambu, pé palito, o sofá-cama, a mesa de centro retangular de pau marfim ou peroba com tampo de vidro, a luminária em tubo de ferro pintado, os cinzeiros de murano e o espremedor de frutas em ferro cromado. Tudo ficará mais leve como os passos do presidente. Ele estimulará potencialidades criativas e fará surgir um novo brasileiro. A classe média sorrirá.

13 novembro, 2006 19:33  

Postar um comentário

<< Home