27 abril 2006

O valor de um brasileiro (3)

Esta série é uma singela homenagem aos senadores verdadeiramente NANICOS (Renan Calheiros, Heloisa Helena, Sarney etc).

Roraima com um eleitorado ainda menor, 218.681 eleitores, equivalente a 0,17% do eleitorado brasileiro, também elegeu tres senadores: Romero Jucá (PMDB, olhe ele ai de novo), Augusto Botelho (PDT) e Mozarildo Cavalcante (PTB). Vamos observar as suas obras.

O senador Romero Jucá do PMDB, conseguiu a façanha de pretender tranformar o Brasil num permanente dependente da energia da Venezuela. Isto enquanto, o seu líder - O Lula - aparece enaltecendo a auto-suficiencia do Brasil, em petróleo, patrocinado pela Petrobrás. Segundo este senador, o Brasil vai importar energia elétrica da Venezuela para abastecer a duas capitais brasileiras, Boa Vista e Manaus. O Brasil estará nas mãos e dependente do humor do Hugo Chaves. Este senador é muito útil mesmo.

Outro projeto deste senador, Romero Jucá, pasmem, é a criação da Justiça Agrária. Na cabeça de senador, o Brasil com a maior quantidade de leis do PLANETA, precisa de outro tanto para julgar crimes ocorridos no campo! E todas as leis que ai estão serão transformadas, digamos, em Justiça Urbana. Parece piada mas não é. Esse pessoal que faz leis não admite a possibilidade de viver sob as leis que eles mesmos fazem. Parece que fazem essa carroça de leis apenas para nós. Quanta honra! Obrigado. Mas certos presentes eu dispenso.

O senador Augusto Botelho do PDT, quer criar uma espécie de ALCA, mas só para o município de Bonfim, em Roraima. Outro projeto de sua autoria foi arguir a ministra do Meio Ambiente sobre a quantidade imensa de madeira de lei, que saía ininterruptamente de assentamentos rurais. A ministra respondeu, e ele arquivou a resposta. Pronto, passou. Não foi nada. Passou e está arquivado. Pronto.

Foi de sua autoria o pedido de alteração da Constituição Colcha de Retalho para criar a Justiça Agrária. Sem votos suficiente que o autorize a tanto, nas minhas contas.

Não satisfeito com isso tudo, ainda sofreu a infeliz idéia de propor que os presos votem! O sujeito está preso e subjugado por um carcereiro, do qual depende para tudo no mundo exterior, e este senador, cândidamente quer por que quer, que o preso exerça seu direito de votar!! Completando a artimanha para o voto de algema, outro de seus projetos, é o recibo de voto, que eu acho interessante para os grandes centros. Mas, não para redutos, que são verdadeiros currais eleitorais. Deve imaginar, que se o preso ousar votar no seu adversário ele manda encher o "ingrato" do preso de bolachas. Isto sim podemos chamar de voto-de-algemas para variar um pouco com o voto-de-cabresto, este só para a área rural. Ele ainda sofreu outra idéia genial. Presentear o atual presidente com uma boquinha vitalícia no Conselho da República, outro de seus projetos.

Para o final deste bloco o "supra-sumo", o melhor da festa...
Outro senador interessante, e nada representativo, é o senador Mozarildo Cavalcante do PTB, este senador acredita que vai melhorar muito o Brasil se criar um estado para cada rio da região amazônica. Claro, desde que cada estado desse, eleja 3 senadores e no mínimo 8 deputados além dos suplentes, gabinetes de luxo e assessores com fartura. Este senador propos a criação dos seguintes estados: Estado do Araguaia, Estado do Tapajós e o Estado do Solimões. Quando esse senador acabar a sua obra, teremos mais 9 senadores, no mínimo 24 deputados, mais de 33 suplentes e cerca de 726 novos assessores no Congresso Nacional e mais 33 novos gabinetes luxuosos e suas mordomias. E o nosso voto valendo menos ainda. Políticos eleitos pela floresta para criar mais dificuldades ao país! Bancados por nós cidadãos.

Cabe ressaltar que, tudo isso com apenas 218.681 eleitores, fora os deputados nas Câmaras Estaduais, as estruturas de governos. Então, concluindo este bloco, chegamos a conclusão que bastam 218 mil eleitores no lugar certo para produzir um estrago de grandes proprorções nacionais.

Você sabia, que o vereador mais votado da cidade do Rio de Janeiro, por exemplo, recebeu mais votos sozinho do que todo o eleitorado de Roraima. Neste caso, nenhum senador, nenhum deputado apenas um vereador.

Outro lugar onde um brasileiro é muito valioso, é no estado de Alagoas. Ah!.. Lá em Alagoas, terra do Collor. Este estado já elegeu até um Presidente da República e deu no que deu.

No próximo bloco: As Alagoas.
Share |

33 Comentários:

Blogger Serjão said...

Cara. Vc tocou num ponto que eu gostaria de tocar. Ainda bem que vc o fez com mais competência e mais embasamento que eu faria. Imagina proporcionalmente com São Paulo. os caras tem 3 Senadores. E estas besteiras que eles fazem e propôem é para provar que eles existem. caso contrário estaria oficializado o comer e dormir. Um abração e parabéns pela série.

27 abril, 2006 22:44  
Blogger Alexandre, The Great said...

Camarada, parece que o problema está na proporcionalidade, ou não?
Caso positivo, de uma forma simplista e sem nenhum fundamento científico pergunto: e se cada estado elegesse apenas 1 representante para cada casa - Câmara e Senado?
Seria injusto ou mais equânime?

A propósito: não visita mais os pobres?

Abs,

27 abril, 2006 23:10  
Blogger S0MBR4 said...

Vc esqueceu de listar a folha corrida do Juca...rs

Gostei muito dos 3 posts...amanhã eu volto nesse assunto!

28 abril, 2006 02:05  
Blogger Camarada Arcanjo said...

Falou Serjão.

Alexandre,
O ideal é que o peso do voto de cada cidadão, independente de onde viva, fique igual a 1(um). O nordeste a pretexto de tornar eqüanime as disputas nas casas, inventou essa distorção, que conforme foi mostrado, gera distorções de descompromisso e até de falta de respeito para com o eleitor. Isto na Câmara, e o Senado não deveria apreciar matéria legislativa de caráter proporcional.

Um Senador representa o Estado da Federação e não os seus eleitores. Para representar o Estado basta um e não três. Quando um senador elabora um projeto de lei. Este, deve se ater a questão administrativa do Estado, como seu orçamento e taxas, e não propor leis de fundo popular, como alteração da Constituição.

O Senado não representa a vontade popular. Colocar o Senado como um câmara superior a Câmara dos Deputados é uma distorção a la Sarney.

28 abril, 2006 23:10  
Blogger Camarada Arcanjo said...

S0mbr4,
A folha corrida do Vossa Excelência Romero Jucá é imensa, e quem conhece bem é a senadora Heloisa Helena, que já pediu a cassação deste senador sem sucesso. Seria como escrever num papel higiênico sem fim.

28 abril, 2006 23:13  
Anonymous vera said...

Olá camarada: O que vc acha de cassar o registro do PT? Se possível,
responda lá no meu bloguinho. :-) bjs

29 abril, 2006 16:36  
Anonymous vera said...

Obrigada pela sua pergunta: "O que é fimo?". Tenho uma página que explica, dê uma olhada. :-) bjs
http://br.geocities.com/maralon2004/polymerclay.html

29 abril, 2006 21:00  
Anonymous vera said...

Fimo é uma cerâmica plástica alemã, também conhecida como Polymer Clay, depois de manuseada, leva-se ao forno de casa mesmo. :-)

29 abril, 2006 21:08  
Blogger Saramar said...

Arcanjo. Boa noite.
Essa série é um curso sobre as mediocridades perigosas que "representam" os brasileiros.
Triste Congresso, triste país.

Beijos

01 maio, 2006 20:39  
Blogger luciano said...

Camarada Arcanjo, quero aproveitar e relatar um acontecimento em janeiro de 1981, que testemunhei.
" Fiz uma viagem de férias pelo Norte /Nordeste do Brasil, e chegando em São Luiz deparei com um Boing 707 lá estacionado. O avião não tinha nenhuma marca, e nem PREFIXO! Achei muito estranho, pois o aeroporto de São Luiz não era internacional.
No hotel que me hospedei, haviam vários norte americanos, e só os via a noite.
Eles saiam bem cedo, com umas enormes malas metálicas, e só voltavam a noite, com as malas bem mais pesadas.
No hotel existia uma lei de silêncio sobre o fato, ninguém comentava.
Uns dois dias depois, ví alguns desses americanos saírem do palácio dos leões ( sede do governo, e rumaram para o hotel. Lá chegando, havia um caminhão baú, sendo carregado com as malas metálicas e bagagem comum, e todos pegaram vários taxis e forma embora em comitiva.
Nesse momento, fiquei muito curioso, e peguei um taxi e pedi para seguir o cortejo.
O motorista ai me falou que eram americanos, e que vinham quase todos os meses para cá, e sempre levavam essas malas, e naquele momento deveriam estar indo para o aeroporto.
E realmente, o caminhão parou ao lado daquele Boing fantasma, eles mesmo passaram a carga para o avião, embarcaram, e foram embora!
Até hoje não sei o que havia naquelas malas/baú, mas sei que o governador dessa capitania hereditária na época, José Sarney, depois de estar "presidente" do Brasil, já influiu na nomeação de pelo menos dois ministros das Minas e Energia, que parece ser a área que mais lhe "interessa".
Imagino o que está acontecendo na reserva Roosevelt."

02 maio, 2006 00:26  
Blogger Camarada Arcanjo said...

Caro Luciano,

Essa Sarna lambeu coturnos dos militares, lambeu os borseguins mineiros do Tancredo, lambeu os sapatos de cromo alemão do neoliberarismo, e agora lambe as alpercatas do calango.

Nos jardins públicos, de um museu público de Belém ele construiu na maior cara de pau um jazigo particular para seus parentes, todo em mármore negra. Se usou o terreno público para construir o jazigo, desconfio que usou dinheiro público para a construção.

02 maio, 2006 02:21  
Blogger luciano said...

Em Belém?
Achei que seu território, fosse "só" Acre e sua Capitania Hereditária do Maranhão!
Agora também o Pará?
Para ele o mundo é o limite!

02 maio, 2006 09:37  
Blogger Camarada Arcanjo said...

Luciano,
Errei é em São Luís do Maranhão no “Convento das Mercês - Memorial José Sarney”. Este Convento, que abriga um museu, é prédio de valor histórico de propriedade do Estado do Maranhão, que foi doado ao Sarney numa operação fraudulenta, já que nenhum prédio público pode ser doado a ninguém nem mesmo intermediado por uma ONG do Sarney.
Leia mais sobre o assunto.

Aqui você encontra seleção de partes do Estatuto da fundação da Fundação José Sarney, ex-Fundação da Memória Republicana, atual e feliz proprietária do imóvel ex-público, agora privado. A oligarquia Sarney privatizou o Convento para si.

02 maio, 2006 13:08  
Anonymous vera said...

Depois do 'tabefe' de Evo no Lula e no Brasil, percebemos em que mãos está quase toda a América Latina. :-) bjs

02 maio, 2006 23:31  
Anonymous Serpico said...

Bom dia Arcanjo; esses pilantras tem que ir para cadei e logo para o PAREDÃO.

03 maio, 2006 10:59  
Blogger Patrick Gleber said...

Carmarada Arcanjo

Lembro-me do que disse o presidente Lula quando da vitória de Evo Morales nas eleições presidenciais bolivianas: "nem os melhores cientistas políticos podem imaginar o que Evo Morales fará na Bolívia". Não sou cientista político, mas vou arriscar um palpite.

Veja o palpite no meu blog

PARICK GLEBER
www.pensarpolitico.blogpsot.com

03 maio, 2006 12:22  
Blogger Santa said...

Camarada querido!
Cheguei.Foram 40 dias de férias. E o meu blog continua vivo. Incrível! Sou muito grata a vocês.
Bjs

03 maio, 2006 17:48  
Blogger Alexandre, The Great said...

Camarada.

Sei que vc detesta sofistas, mas não acha pertinente o raciocínio de que o golpe boliviano tenha a cumplicidade do governo brasileiro?

1) pq Lula apoiou a candidatura do cocaleiro;
2) pq uma semana antes do 1º de maio o Brasil enviou uma "missão diplomática" à La Paz onde o assunto sequer foi debatido, embora as evidências já se encontrassem claríssimas;
3) pq estamos em um ano eleitoral e não custa nada receber "algum por fora", do tipo "recurso não contabilizado", não é mesmo?
4) pq após o golpe brutal contra o patrimônio do povo brasileiro, o Macunaíma Gump ainda diz que se trata de ato legítimo de soberania da Bolívia;
5) pq amanhã, 04/05/06 (nunca mais teremos tal sequência cronológica), haverá uma "reunião" envolvendo Lula, Morales (até aí tudo bem), Kirchner e Chavez (ué??? Prá quê?) e ainda por cima em FOZ DO IGUAÇU/PR. P.Q.P.... por quê não em Brasília, ou em La Paz?

Diante de tantas "evidências", me permito sofismar.

Grande abraço,

03 maio, 2006 19:29  
Blogger Camarada Arcanjo said...

Alexandre,

Você não está sofismando. Você está entendendo tudo. Compreendendo e interligando todos os fatos diante de discursos, intenções e atos verificados, e você está considerando a tradição esquerdista.

Digo mais. aso esse calango dos infernos, sócio do PSDB, se reeleger fará tudo que o Chavez fez e que o Evo Morales está fazendo. Esse "mercado financeiro que o apoia será agraciado com o mesmo presente que Eike Batista e os acionista minoritários da Petrobrás ganharam.

Tem um ditado que diz:
"Quando o tolo pensa que está botando o diabo para dançar, quem dança é ele." Tem gente arrogante neste nosso país, que pensa que pode brincar com o demônio.

04 maio, 2006 09:20  
Blogger Camarada Arcanjo said...

Outra coisa, caro Alexandre.

O Lula sabia de tudo que estava para acontecer a muito tempo e não preparou as indústrias para consumir combustível alternativo ao GN.
Incompetente e falastrão.

04 maio, 2006 09:23  
Anonymous Rodrigo said...

e eu que achava que o nome do blog era em homenagem ao cara pra quem o senador do PSDB tava devendo uma grana

04 maio, 2006 10:18  
Blogger Patrick Gleber said...

A BBC, Reuters e The Media Centre encomendaram uma pesquisa em dez países sobre a confiança da população nos políticos. Adivinha que está na lanterna?

Veja no meu blog (www.pensarolitico.blogspot.com)

PATRICK GLEBER

04 maio, 2006 12:16  
Anonymous vera said...

NOVIDADE! É nacional e está lá, veja antes que a retirem do ar! rsrs ;-) bjs

04 maio, 2006 13:55  
Anonymous Luiz Coutinho said...

Camarada, muito obrigado pelo belo texto que você deixou no blog. Fiz um agradecimento a todos que passaram por lá e incentivaram a continuidade do trabalho a que me propus. Quero deixar-lhe um abraço de cidadão para cidadão, que significa o meu respeito pela atividade politica que você também exerce por meio do seu blog. Obrigado.

05 maio, 2006 08:26  
Blogger Camarada Arcanjo said...

Rodrigo,
Esse arcanjo que você está se referindo deve ficar na cadeia por que lá é o seu lugar. Dele, bem entendido.
Este espaço aqui, neste blog, é para a discussão livre de política e de assuntos que a política partidária evita discutir. Mas se você entede, que um tema político deve ser discutido, este espaço aqui estará livre para você trazer o seu tema político para a discussão.

05 maio, 2006 15:34  
Blogger Nat said...

Querido camarada,

Às vezes sinto que nanicos somos nós...

Grande beijo!

05 maio, 2006 22:36  
Blogger Peninha said...

Caro Arcanjo......agora sei porque você desaparece. Li nos jornais que você foi preso!!!!!!!!







risos

05 maio, 2006 23:52  
Blogger Camarada Arcanjo said...

rrsrsrsrsrs
Estou a bem de mudar meu avatar político, nome e tudo mais. Não é que tem um "comendador" que copiou meu avatar.

Essa foto daqui de baixo é do Papaléo com a comenda da Ordem do Mérito Militar no Grau de Grande Oficial.

Mas não me deram comenda alguma. Não sou comendador. rsrsrsrsrsrs

06 maio, 2006 00:04  
Anonymous vera said...

Olá grande Camarada! Se puder me faça uma visita ainda hoje. ;-) bjs

06 maio, 2006 17:23  
Blogger Santa said...

Camarada, li e reli e chego a conclusão que isto aqui não é um post. É uma aula!

Bjs

06 maio, 2006 21:39  
Blogger Kafé Roceiro said...

Puxa vida, Arcanjo
Esse post é fantástico! Adorei sua explanação! Você escreve bem e de maneira muito boa de se ler...
Estarás linkado no meu blog até o fim da tarde!
Abraços,
Kafé.

07 maio, 2006 16:08  
Blogger Zé Carlos said...

Este comentário foi removido por um administrador do blog.

08 maio, 2006 08:10  
Blogger Zé Carlos said...

Amigo e Camarada Arcanjo, parabéns por ajudar a mostrar, se não para o mundo pelo menos para a blogosfera que o Brasil tem solução, não varrendo a sujeira para baixo do tapete, mas exportando-os talvez para a Venezuela ou Bolivia, quem sabe?

08 maio, 2006 08:11  

Postar um comentário

<< Home