12 dezembro 2005

Guerrilha urbana com políticas públicas

O Rio de Janeiro é uma cidade maravilhosa. Fornece exemplos de administração desenvolvimentista voltada para "o social", de onde menos se espera.

Que existem dois sistemas de governo, já sabíamos há muito tempo. O oficial ou governo que cobra impostos e nada faz e o extra-oficial, que além de não cobrar impostos, zela pela segurança pública e implementa políticas públicas de fomento ao comércio com sucesso.
O narcotráfico da cidade do Rio de Janeiro deu alguns exemplos de como se administra a coisa pública com sucesso. Aumentou a valorização dos imóveis, reduziu a zero os assaltos e a violencia urbana, e alavancou as vendas do shopping mais sofisticado da cidade. Realizou sozinho sem dinheiro público, e em duas semanas, o que os incopetentes oficiais nunca tiveram competência para fazer.

Cabe citar os imcompetentes que consomem impostos com avidez e nada fazem: Governo do Estado, Prefeitura, Polícia Militar, Polícia Civil, toda a classe política do Rio de Janeiro, além das instituições adjacentes ao poder público carioca.

Não entendeu nada, leia aqui ou clique no link do texto ou copie, junte e cole a URL no seu browser:
http://www.nominimo.ig.com.br/?publicationCode=1&pageCode
=13&textCode=19914&date=currentDate&contentType=html
Share |

6 Comentários:

Anonymous Saramar said...

Arcanjo, isso é o supra sumo do non sense. AInda bem que eles não se candidatam a nenhum cargo eletivo porque estragaria tudo. Não seriam tão eficientes e preocupados com sua área de influência.

Beijos

12 dezembro, 2005 14:18  
Blogger Moderado, o idiota said...

"Companheiro" Camarada:

Concordo com tudo e assino embaixo. É um retrato da absurda realidade carioca.

Abraço,

12 dezembro, 2005 18:20  
Blogger gusta said...

Triste, muito triste...

12 dezembro, 2005 23:16  
Blogger Serjão said...

Arcanjo. O bandido não pode ser glamurizado. Este Joca parece que é pela sociedade ao redor e não pela comunidade o que é melhor mas não é o ideal. Parece também que ele não tem vaidade o que é sinal de inteligência, mas não creio que dure muito. Já já alguém quer o lugar dele e voltará com a velhas práticas. A própria comunidade precisará, já que não tem estado para propriciar. Abraços

13 dezembro, 2005 17:31  
Blogger Camarada Arcanjo said...

Saramar,
Candidatos eleitos com apoio dfas lideranças comunitárias, e são inúmeros os eleitos vereadores e deputados, têem o apoio indireto do tráfico. Seria ingenuidade de minha parte acreditar, que tamanho poder extra-oficial não influencie no poder público oficial ou nas comunidades que os elegem. De uma pesquisa apenas 4 vereadores são a favor das remoções de favelas, mesmo em área de risco.
Eis aí o resultados das políticas de esquerda, que viscejam em nossa terra brasileira, neste caso específico carioca.

Serjão,
Esse Joca é um criminoso, que a semelhança da classe política que o apoia, porque apoia. Terá como tantos outros, vida curta, basicamente por dois motivos:
1. A polícia é incompetente até mesmo para manter sítio, não sabe guerrear. A polícia do Rio, assim como a do resto do país, sabe apenas trabalhar para aparecer. Por vezes mal, muito mal.
2. O outro motivo é que a polícia, não sabe policiar. Esse joca é da facção ADA e o Comando Vermelho tem poder. Mais rápido do que você possa imaginar, matam este e criam outro no lugar. Blitz em automóveis e tiroteio a polícia do Rio sabe fazer. No mais, apenas trabalho paliativo, sem inteligencia e sem policiamento ostensivo.
Não conseguem reduzir a criminalidade, porque a esquerda não deixa, e porque precisam justificar sua importância aparecendo no noticiário.

13 dezembro, 2005 19:02  
Blogger e said...

Fazendo o dever de casa.
"manchetinhas" do Primeira Leitura.
Temer, Busato, Gandra e Freire são testemunhas de Zulaiê
-----
Cara Deputada,
Esqueçem esses Senhores que é graças ao Estado de Direito que os mesmos estão no Poder? Ou o Estado de Direito pentence ao PT? Ou, o PT é o "Estado de Direiro"? Estão completamente "tortos".
Uma das coisas mais lindas deste Estado, a liberdade individual e, por conseguinte a de pensamento e livre expressão, está sendo "censurada", questionada... é mais uma das do PT... Fazendo uso do que prevê a Carta Magna de 1988, temos dois instrumentos - contitucionais - para abreviar essa experiência que estamos vivenciando: O Impeachmente e o Voto. Tenho pouco conhecimento da Constituição... mas já vi falar algo como abaixo assiando, número de assinaturas... naum sei naum... más vá lá. Pela ordem acima:

000000001 - Michel Temer
000000002 - Roberto Freire
000000003 - Roberto Busato
000000004 - Yves Gandra Martins
000000005 - né
000000006 - Cidadã Magistrada Denise Frossard(sem sua autorização)
000000007 - Sen Arthur Virgílio(idem).
000000008 - Fazer circular pela Internet.
000000008 -
000000010 -
000000011 -


Estado de Direito

17 dezembro, 2005 00:06  

Postar um comentário

<< Home